Note to self

Nunca mais ler o Correio da Manhã, não costumo, mas é o jornal que está no restaurante onde costumo almoçar e ontem peguei-lhe, conclusão: noite cheia de pesadelos horríveis, coisas de incrível maldade em que as vitimas eram naturalmente eu e as pessoas que me são mais próximas, não foi um pesadelo foram três, acordei com aquela sensação de pânico horrorosa e o coração a bater bem forte.

O Correio da Manhã vai ser banido da minha vida novamente, que deixe a realidade lá bem longe, não me faz falta.

 

Em jeito de banda sonora, uma música que gosto imenso e que me lembra os tempos em que ia à discoteca, Placebo.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *