Perguntinha simples

Já não consigo ouvir falar mais do emprego novo do Dr. Eduardo Catroga!!

Pergunta: Não foram os accionistas privados que o escolheram? Se fossem vocês a escolher para uma empresa onde fossem accionistas não escolheriam alguém que além de competente tivesse conhecimentos ?  A Gulbenkian quando escolhe o Director Musical põe logo isso no anúncio, está errado?

Então calem-se que já mete nojo a conversa!

Dúvida

Capitalismo

 

O que ainda ninguém me conseguiu explicar qual é o novo sistema que querem implementar, porque isto de barafustar contra o Capitalismo e a Democracia, tal  como os conhecemos, é muito fácil, propor novas soluções e pensar noutros sistemas deixa-se para os outros.

As formiguinhas decidiram que este não querem, portanto os senhores políticos, que estão sentados nas poltronas, arranjem uma solução.

Quando dizemos que não queremos algo, devemos já ter em mente uma opção, uma proposta, porque senão soa sempre ao bater do pé de uma criança birrenta.

 

Desacordo

Chamem-me o que quiserem, mas juro que não percebia a primeira palavra deste título, isto tem algum jeito?

http://aeiou.expresso.pt/contracecao-quase-metade-dos-jovens-europeus-ja-teve-relacoes-sexuais-desprotegidas-estudo=f676295

Quem terá sido o energúmeno que se lembrou disto?

Contracecao mas que linda palavra….o “p” aqui não é mudo, tem utilidade, sem o “p” a palavra torna-se numa coisa desconhecida e sem sentido. Passa de Contracépção ( o acento é para dar enfâse na leitura a palavra original não o leva) para contraceção cujo “e” é mudo quase, porque era para isso que o “p” lá estava para acentuar o é se querem tirar o p pelo menos ponham o acento, assim torna-se outra palavra.

Quem fez o desacordo conhecia a nossa língua? É porque não vamos passar a escrever apenas diferente pelos vistos vamos passar a falar também…. temos que tomar açúcar é? ( o tomar é propositado porque vamos ter de passar a usar léxico de acordo com as alterações, já agora metam-nos todos num barquinho porque estamos no país errado, assim como assim ali mais milhão menos milhão não faz diferença).

Deixamos cá os túmulos do Afonso Henriques, da Amália e o Eusébio vivo ( ele não deixa o Estádio da Luz abandonado) e vamos todos embora assim como assim estar a cuspir na Língua, na Pátria ou nos Antepassados é a mesma coisa, vamos todos para um país novo, mais fácil, mais divertido que assim como assim já o invadimos uma vez, ai perdão descobrimos.

Se querem mudar as coisas para fazer o jeito a quem não quer ter trabalho, pelo menos mudem-nas com pés e cabeça!!! Argghhhhhhh……………

 

ninguém pode ser perguntado por qualquer autoridade acerca das suas convicções ou prática religiosa” (…) “nem ser prejudicado por se recusar a responder”. Constituição Portuguesa art.41 n.3 . Isto quer dizer que eu como professora posso objectar o novo acordo e não ser obrigada a utilizá-lo profissionalmente? Trato já das formalidades que forem necessárias.